segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O cara ūüíĖ


                          


Eu fico pensando em como tudo podia ter sido diferente se nossas atitudes tivesse sido diferentes tamb√©m. Mas de certa forma, penso por outro lado, em que tudo isso foi a vida me ensinando coisas que de fato, eu precisava aprender. Mas se pra aprender muita coisa eu preciso estar fora dos seus bra√ßos, eu n√£o quero aprender mais nada, s√©rio. Chega uma hora que parece que eu n√£o vou ag√ľentar. 
Mas ser√° que voc√™ tem no√ß√£o que voc√™ √© a pessoa mais especial na minha vida? Parece que n√£o. √Č voc√™ e n√£o √© mais ningu√©m, que faz eu passar noites em claros desejando que estivesse ali, do meu lado. Que quando estou prestes a desabar, chorando por tudo sem saber o que √© tudo, s√≥ querer ser acolhida e ouvir voc√™ dizendo pra mim ficar bem. Que penso quando falam em amor, saudade ou futuro. Que est√° me fazendo passar dias e noites preparando um presente, que talvez, nunca ir√° receber. 
√Č dif√≠cil engolir todo ci√ļmes, a inveja de quem pode te ver todo dia. Chorar por te ver fazendo tanto por outros, indo visitar, fazendo favores, dormindo ao lado, e eu aqui, apenas desejando um abra√ßo, um olhar, uma texto dizendo o quanto me ama e sente a minha falta. Talvez seja loucura minha achar que tudo isso um dia pode mudar. 
As vezes minha vontade √© sumir, deixar tudo de lado e seguir em frentes.. Mas da√≠ lembro de todas as nossas promessas, das vezes em que deitei no teus bra√ßos, te ouvi a noite inteira, te beijei, te abracei e tive certeza que √© voc√™ O cara. 


E se eu estiver esperando à toa? Esperando por uma coisa que, na verdade, nunca vai acontecer?

Meu sonho de todos os dias


E apesar de tantas coisas, do que aconteceu ano passado e este ano tamb√©m, por incr√≠vel que pare√ßa, o que eu sinto por ti n√£o mudou, n√£o diminuiu. Aprendi que amar √© um dom, um dom que poucos tem, que √© muito f√°cil amar algu√©m pelas qualidades que a pessoa tem, pela beleza, porque ela √© bonita, legal e tudo. Mas isso n√£o √© amor. Amar √© quando voc√™ conhece. Os piores defeitos da pessoa e continua amando mesmo assim. 

Que mesmo que a pessoa te machuque, te deixe triste, voc√™ sempre vai ta ali, tendo motivos pra continuar a amar, sem for√ßas pra desistir, porque ali√°s, essa pessoa √© o seu ponto fraco. Amar √© isso, amar √© perdoar, confiar, aceitar, cuidar, se doar, amar √© viver. E fique sabendo que eu espero que o meu amor por ti n√£o mude. Voc√™ pode achar que s√£o apenas palavras, mas saiba que essas palavras n√£o demonstram nem um pouco do amor, da felicidade, da dor e do que eu sinto. E agora, n√£o vou mentir que eu queria que fosse diferente sabe, queria que mudasse muita coisa,  mas tenho que parar com essa mania de agir por impulso. S√≥ quero deixar claro aqui, o que eu sinto e tamb√©m que eu te amo muito, n√£o √© a opini√£o dos outros que vai mudar. 

Uma vez você me disse que iríamos casar, ter filhos, iríamos dormir e acordar juntos, que você ia acordar primeiro que eu, que ia me ensinar a fazer café e ia me amar sempre, lembra? Eu sonho com isso todos os dias da minha vida, eu te amo muito!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Te amo.


Por que eu te amo tanto? 
Talvez essa tenha sido a pergunta que tenho repetido para mim mesma milhares de vezes... Enquanto me deito pra dormir, quando leio tudo o que j√° escrevi pra voc√™ e voc√™ pra mim, quando passo horas olhando nossas fotos, quando me deito na rede que costum√°vamos ficar a s√≥s, ou quando estou sozinha te imaginando chegando de mansinho e me abra√ßando forte, com aquele beijinho, com a m√£o se encaixando pra minha, com os suspiros no meu rosto, com aquele olhar apaixonante, sorriso bobo e com a voz no meu ouvido... Ah se tudo fosse f√°cil. 
N√£o sei exatamente o que me fez ter esse sentimento t√£o especial assim. Juro que j√° tentei me entender, pelo menos s√≥ um pouquinho. N√£o sei se foi exatamente por n√£o ter desistido de mim f√°cil, ou pelo seus sonhos que est√£o na dire√ß√£o dos meus, ou quando percebi o pai incr√≠vel que voc√™ ser√°, ou pelo seu cuidado comigo, pelo carinho, pela amizade, pelo apoio, pelo amor, ou quando come√ßamos a nos planejar juntinhos futuramente. Ou talvez seja isso e outros milhares de motivos. 
Voc√™ sempre soube que eu sou forte e sei ag√ľentar pancada da vida de cabe√ßa erguida. Mas acho que voc√™ devia saber tamb√©m que n√£o √© f√°cil controlar as lagrimas e a minha vontade insaci√°vel de te ter em meus bra√ßos, de querer receber teu abra√ßo, teu beijo, tuas palavras, tua companhia, teu carinho, teu amor. Mesmo depois de ter recebido um "n√£o me procura mais, me esquece." N√£o √©  f√°cil. √Č como se a m√ļsica "Se tudo fosse f√°cil" do Michel Tel√≥, me traduzisse. E estou at√© me saindo bem, fazendo o seu desejo e abolindo o meu, fazendo sua vontade e me controlando, mesmo querendo que voc√™ saiba que o sentimento ainda ta aqui, e eu n√£o te amo como ontem, te amo mil vezes mais. 



terça-feira, 10 de setembro de 2013

Boa sorte




Eu sempre dei muito valor a ele. Porque ele era sincero, diferente. Sempre passei por cima de muitas coisas porque, apesar dos vacilos, ele era especial. Até o dia em que eu entendi que eu também era incrível e que se alguém teria que ter medo de perder entre nós, definitivamente não era eu. Foi aí que eu parei de engolir desculpas nunca acompanhadas de arrependimento. Foi aí que eu abri a porta e deixei ele ir. Quer liberdade? Boa sorte. Quando voltar e outro cara te atender, não sei, fica feliz por mim e tenta ser livre!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Vem, pode queimar




√Č como conversar sobre o tempo enquanto a vontade √© dizer o tempo que eu queria passar ao seu lado. √Č ter que te contar o que fiz no fim do dia, e omitir a parte em que eu pensei em voc√™ o dia inteiro. √Č como dizer que a noite em que sa√≠ com as minhas amigas foi perfeita, enquanto eu desejei baixinho que voc√™ aparecesse de surpresa. √Č como assistir um filme de com√©dia rom√Ęntica, e torcer para que a hist√≥ria se repita com a gente. √Č como dar um sorriso despretensioso ao ouvir a sua voz, e esconder a parte em que voc√™ √© o motivo dele. √Č escutar uma m√ļsica aleat√≥ria na r√°dio, e mentalmente dedic√°-la a voc√™. √Č acordar todos os dias, e lamentar que o travesseiro esteja vazio e sem o calor do seu corpo. √Č fechar os olhos, mentalizar sua imagem, sentir o seu cheiro e quase conseguir ouvir a sua voz. √Č observar um casal apaixonado se beijando no banquinho do ponto de √īnibus, e me questionar onde voc√™ est√° que n√£o est√° aqui comigo. √Č dirigir o meu carro acima da velocidade permitida s√≥ para sentir o frio na barriga que s√≥ voc√™ consegue provocar. √Č te contar sobre o livro que estou lendo, sendo que a minha vontade √© de l√™-lo deitada no seu colo enquanto voc√™ acaricia os meus cabelos. √Č passar horas olhando para sua foto e quase conseguir v√™-la se mexendo. √Č como se ao seu lado eu fosse capaz de fazer qualquer coisa. √Č dizer que a noite foi muito boa quando minha vontade √© de dizer que eu n√£o queria que ela acabasse nunca. √Č conversar com voc√™ at√© o sol nascer, e n√£o me importar nem um pouco de perder uma noite de sono. Talvez duas, tr√™s, quantas forem necess√°rias. √Č como tentar andar em linha reta, e s√≥ de lembrar de ti perder o equil√≠brio. √Č tentar me concentrar no trabalho e por algum motivo, n√£o conseguir pensar em mais nada.  √Č como tentar escrever uma linha que n√£o tenha voc√™, e finalizar um cap√≠tulo sobre n√≥s dois. √Č como dizer ''oi'' querendo dizer "Me abra√ßa forte?". √Č assistir um filme ao seu lado e n√£o conseguir ouvir sequer uma palavra, porque eu s√≥ consigo pensar no barulho da sua respira√ß√£o, e na sua m√£o que encosta na minha. √Č como se eu conhecesse cada parte da sua alma mesmo conhecendo assim t√£o pouco. √Č como tentar ser normal, quando tudo o que eu consigo pensar quando estou ao seu lado √© loucura. √Č como se voc√™ despertasse o melhor e o pior que eu posso ser. √Č como se eu te conhecesse de outras vidas, outros sonhos, outros amores. √Č como dizer ''Voc√™ √© muito chato'', quando minha vontade √© dizer ''Como n√£o te encontrei antes?''. √Č como estar vivendo uma paix√£o de adolescente de novo, mesmo que essa fase j√° tenha passado h√° anos. √Č como se eu  - pela primeira - vez me permitisse ser feliz, ao inv√©s de fugir de tudo aquilo que me faz entrar em combust√£o. Se quer mesmo saber, eu cansei dessa minha armadura de gelo. Vem, pode queimar.

Isabela Freitas 

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Prossiga vida...



Vivendo o presente, o hoje, o agora. Sem pensar no amanh√£, sem criar expectativa, sem esperar surpresas e evitar pensar nas mil cenas criadas pela minha mente f√©rtil com ajuda do meu cora√ß√£o fr√°gil. Sim, essa sou eu tentando ser uma garota desapegada da vida, de sentimentos, de pessoas. Lembrando que o desapego n√£o √© sair pegando sem se apegar, na verdade, desapego √© saber a hora certa que voc√™ deve organizar as prioridades na sua vida, mudar a rotina, √© tratar com indiferen√ßa e ignorar coisas que te machucam. Talvez j√° tinha at√© passado da hora de me permitir ser feliz sozinha. Hoje estou sendo do tipo de mulher querendo somente alguma forma de ocupar a mente e n√£o deixar a tristeza me consumir, ali√°s, sempre ouvi que s√≥ era triste quem queria, certo?


Agora sinto que estou meio que no caminho certo, uma dose de amor pr√≥prio a cada dia que passa, beber, dan√ßar, cantar, se sentir poderosa, ser desejada, uma sa√≠da com amigas pra se distrair, sem sair para ca√ßar um "bofe", e sim como se estivesse comprometida comigo mesma e n√£o pudesse permitir que outro algu√©m chegasse perto de mim com segundas inten√ß√Ķes. Ali√°s, estou fugindo disso como se estivesse fugindo de um tornado, um furac√£o. Porque sei que se eu ficar e permitir, s√≥ ir√° causar caos total e v√°rios ferimentos, em mim. Pra variar n√©. N√£o sou de ferro e posso at√© na tarde dizer pra amiga "eu n√£o me importo mais", e depois passar a noite chorando nos bra√ßos dela se lamentando e falando o quanto desejo algu√©m do meu lado. S√≥ que agora √© t√£o diferente, o desejo passa r√°pido, e logo consigo me manter em p√©, engolir o choro, arrumar a maquiagem e dar mil gargalhadas de coisas bobas. O frase do momento √© "prossiga vida"!


Talvez eu seja at√© uma covarde frustada com o amor, com a vida e com as pessoas. Mas tenho meus milhares de motivos para isso, e de forma alguma sou v√≠tima, j√° magoei algumas pessoas sim, sou humana e n√£o consigo perfeita. Algum dia eu posso at√© querer esquecer tudo isso que escrevi, e n√£o tenho medo de come√ßar de novo, tenho medo de ter o mesmo resultado. Essa fase de ser uma mulher sem cora√ß√£o est√° sendo bom no momento, √© minha nova fase. E quer saber um segredo? Fingir que n√£o tenho cora√ß√£o √© a melhor forma de n√£o me machucar. Mas quer saber? Ele t√° aqui. S√≥ t√° cansado.


sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Difícil



Dif√≠cil aceitar e concorda com a vida quando tudo resolver virar de cabe√ßa para baixo. Quando voc√™ n√£o tem apoio da fam√≠lia, n√£o tem um parceiro para t√° do lado e nem uma amiga para confiar. Dif√≠cil quando voc√™ n√£o tem mais vontade de dan√ßar, nem coragem de ir para academia e nem paci√™ncia para trabalhar. Quando tudo parece se voltar contra voc√™, o mundo, as pessoas e at√© voc√™ mesmo... Quando tudo em sua volta parece n√£o ter sentindo e a cada passo que dar parece cair em um abismo, onde n√£o h√° ningu√©m pra segurar na sua m√£o. Onde voc√™ pode ir para onde for, e ningu√©m vai pedir para voc√™ ficar um pouco, s√≥ mais um pouco. Dif√≠cil n√£o ter algu√©m que fale o quanto voc√™ √© importante, e o quanto ele a ama. Dif√≠cil quando voc√™ est√° morrendo de saudades de algu√©m, louca pra falar o quanto essa pessoa faz falta, e o medo da resposta, da mensagem visualizada e ignorada te fa√ßa chorar, e acaba impedindo que voc√™ mande de alguma forma todos os seus sentimentos e tudo que se passa pelo seu cora√ß√£o para tal. Dif√≠cil quando voc√™ mesmo para de acreditar em si, quando tudo parece estar errado, e a √ļnica sa√≠da que voc√™ chega at√© a pensar, √© aquela que ningu√©m imagina que voc√™ √© capaz de cometer tal ato. 

O ser humano nasceu para ser dependente de outro corpo, de algu√©m ao lado, ou eu sou louca e me acostumei mal com essa ideia de ter algu√©m para est√° do meu lado na alegria e na tristeza? 


quinta-feira, 1 de agosto de 2013

SURPRESA PARA NAMORADOS


Oi galera, hoje o post ser√° um pouco diferente do que de costume... Tenho recebido v√°rios e-mails e recadinhos pedindo dicas de como reconquistar, pedir em casamento, namoro o(a) amado(a), e coisinhas desse tipo. E foi super f√°cil para responder essa para voc√™s que est√£o precisando de ajuda. 

H√° um tempinho atr√°s, encontrei um site incr√≠vel que eu simplesmente amei, e que at√© hoje, sempre dou uma passadinha por l√° para ver algumas coisinhas fofas e ficar com invejinha boa de quem √© surpreendida por seu(sua) amado(a) dessas formas. Seja atrav√©s de um jantar, uma noite incomum, ou um presentinho, ou simplesmente por uma carta bem fofa. Particularmente sou completamente louca para ser surpreendida de alguma forma. Mas, aguardo que em algum momento, o "meu momento" ir√° chegar e vou ser surpreendida por algu√©m que precise de mim o tanto quanto preciso dele. Assim como sua vez tamb√©m ir√° chegar, paci√™ncia. 


O site de que tanto falo, tem v√°rias dicas e id√©ias de presentinhos, de jantares, etc. Tudo para voc√™ surpreender seu parceiro(a). O site √© incr√≠vel e vale a pena conferir: SURPRESA PARA NAMORADOS


MUDANDO DE ASSUNTO: Queria agradecer √† todos os que acompanham o blog, seguem e divulgam. N√£o sabia que ia ter tantos acessos, coment√°rios, mensagens e apoio de voc√™s. O blog teve mais de mil visualiza√ß√Ķes em menos de UM M√äS, e tudo isso gra√ßas √† voc√™s. Ent√£o, MUITO OBRIGAAADO! Beijos!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Talvez


Eu acho que j√° estou me acostumando com sua aus√™ncia, ou talvez de certa forma, minha mente tenha convencido meu cora√ß√£o de que chegou a hora de n√£o esperar mais nada de voc√™. E se voc√™ demorar ainda mais, seja tarde demais para botar lenha na fogueira do nosso amor, que poder√° ficar s√≥ as cinzas por n√£o ter sustentado quando os ventos frios vieram ao meu encontro. Eu n√£o estou nada bem. Talvez eu tenha me entregado r√°pido demais, tenha amado mais do que devia. Talvez se eu tivesse sido mais fria com voc√™, um pouco menos de confian√ßa talvez, e tivesse continuado a ser forte e n√£o ter deixado voc√™ se tornar meu ponto fraco. Talvez se eu n√£o tivesse deixado voc√™ controlar meu humor com suas palavras todo dia, se eu tivesse te desejado bem menos e n√£o tivesse dado tanta certeza do meu amor. Talvez se eu tivesse escondido mais uma vez meus sentimentos, e n√£o tivesse chorado na sua frente, e tivesse deixado o tempo passar e ter esperado mais um pouco, s√≥ mais um pouco. Talvez eu devesse ter dito que n√£o estava pronta para um relacionamento s√©rio. Mas aquele momento parecia ser tudo t√£o certo. N√≥s dois mais uma vez lado a lado, a sua voz no meu ouvido, seus olhos me olhando como se realmente me visse, eu nos seus bra√ßos, aquela cal√ßada fria e o vento no meu cabelo. Parecia...

Agora, depois de passar dois dias seguidos sem dormir esperando algo que nunca iria chegar, esperando cenas criadas pela minha imagina√ß√£o f√©rtil... Eu exclui todas as mensagens que, como uma flecha que acertava meus olhos e os deixavam irritados, vermelhos e inundados. As m√ļsicas que me lembra voc√™, s√£o passadas assim que as come√ßam a tocar. Joguei a minha agenda que tinha tudo sobre voc√™, sobre mim, sobre n√≥s. Suas fotos que costumavam ficar no guarda-roupa, se foram no meio das roupas velhas enquanto o arrumava. E a alian√ßa que usava, dado por mim mesma para dar fora em outras rapazes, deixei cair na rua enquanto andava e pensava em n√≥s. Nesse "n√≥s", em que voc√™, demonstra ser um tanto faz na sua vida.


Mas todos n√≥s temos nossas fraquezas, e a minha √© voc√™. Os dias est√£o se passando devagar, meus olhos vagando pelo mundo e eu acabei descobrindo que sou covarde demais para lutar mais uma vez por n√≥s dois, sozinha. A partir de agora, em todo cair de suor e de l√°grima, estou ficando cada vez mais leve e expelindo voc√™.


segunda-feira, 29 de julho de 2013

Eu preciso desse alguém...


Eu preciso de algu√©m que queira estar do meu lado quando ningu√©m pudesse estar, algu√©m que me olhasse e realmente me visse. Algu√©m sem cantos escuros, lugares distantes, alma vazia. Eu preciso de algu√©m sem pressa pra levantar, algu√©m que gostasse de sorrir, que brigasse e perdoasse sem precisar fingir. Preciso de algu√©m que me beije, me chame de princesa e me lembre o quanto sou linda. Preciso de algu√©m que fa√ßa amor comigo e n√£o suma no dia seguinte. Algu√©m para andar na chuva, correr descal√ßo, sumir por um dia juntos e dar milhares de beijinhos… Algu√©m para dividir as moedas, usar o mesmo casaco e me abra√ßar sem precisar pedir. Algu√©m para esperar, para sentar do outro lado da mesa, para bagun√ßar a gaveta, dividir a cama e o cobertor. Preciso de algu√©m que abaixasse os olhos com qualquer elogio, que aceitasse minha m√£o, meu abra√ßo, algu√©m que precisasse chegar logo onde eu estou, que se incomodasse com a minha demora.  Eu preciso de algu√©m que mesmo sabendo quem eu sou, aprendesse a buscar todo dia um jeito novo de se doar. Algu√©m que todos os dias dissesse o quanto eu sou importante, e o quanto √© feliz por me ter. Algu√©m que ouvisse minhas hist√≥rias, minhas piadinhas sem gra√ßa, meus sonhos e que n√£o me julgasse pela minha forma de ver o mundo. Preciso de algu√©m que sonhe em casar comigo, ter filhos, que queira dormir e acordar comigo todos os dias, e que n√£o se imaginasse com qualquer outra pessoa al√©m de mim. Algu√©m que n√£o se importe com a minha maquiagem borrada, com meu nariz vermelho, com meus olhos inchados e enxugue minhas l√°grimas, me abra√ßando e dizendo que t√° do meu lado pro que der e vier, que vai ficar tudo bem, e que n√£o vai me abandonar por nada nesse mundo, e que nos dias dif√≠ceis vai estar do meu lado e fazendo coisas rid√≠culas pra me tirar um sorriso verdadeiro. Algu√©m que fa√ßa promessas e as cumpra. Eu preciso de algu√©m que cuide de mim. Eu s√≥ preciso de algu√©m, que precise de mim. S√≥ preciso de algu√©m que vale a pena precisar!

s√°bado, 27 de julho de 2013

Para sempre!


N√£o quero te perder t√£o cedo meu amor, mesmo que a gente brigue as vezes, sempre, todo dia ou ate mesmo toda hora, mas se for pra brigar, quero brigar contigo, brigar at√© estarmos velhinhos velhinhos e esquecermos no meio da discuss√£o o motivo da tal e olharmos um pro outro e dizer: "eu te amo ainda mais que ontem". Assim, sem motivos, sem expectativas, s√≥ quero te lembrar que a cada dia que passa, eu te amo mais e mais. E o mais importante, √© que tudo sempre se ajeita entre n√≥s dois, sempre. E pra ser sincero, eu n√£o sei muito bem o que eu quero da vida, sou indeciso e mudo de opini√£o de uma hora pra outra, al√©m de ser muito impulsivo. Mas al√©m da certeza de que um dia todo mundo vai morrer, a outra certeza que tenho √© que eu te quero por muito tempo do meu lado. Eu te amo muito!



sexta-feira, 26 de julho de 2013

Apenas entre eu e você

                                                                                                         
Eu fico imaginando, eu entrando de branco na igreja, com os olhos cheios de l√°grimas, olhando um pouco pra cima pra n√£o borrar minha maquiagem, me tremendo um pouco, super nervosa e feliz, sorrindo para os convidados e meu pai me entregando formalmente nos seus bra√ßos, porque j√° estou neles h√° muito tempo… Come√ßo a rir sozinha quando imagino sua fei√ß√£o ao me ver caminhando at√© voc√™ e pensando “que linda minha princesa”. Imagino tamb√©m como vai ser tudo depois desse dia, eu e voc√™ dividindo o mesmo teto, dormindo e acordando juntos como sempre sonh√°vamos juntos, brigando pelo cobertor, voc√™ super bravo porque estamos atrasados e eu dizendo “vai indo pro carro amor” e voc√™ me esperando maior temp√£o com o carro ligado e eu gritando “calma amor, j√° to indo” , n√≥s dois chegando tarde nos eventos, nossos amigos vindo nos visitar e fazer aquela bagun√ßa que costum√°vamos fazer na casa deles, eu te levando o caf√© da manh√£ na cama como prometido e n√≥s almo√ßando juntos todo dia. Voc√™ fazendo as massagens em mim por ser uma √≥tima esposa. Voc√™ me calando com um beijo quando estiver brigando  e eu imitando voc√™ brigando cmg com uma voz irritante at√© voc√™ se estressar e eu te falar o quanto te amo.        


                                         

E o mais desejado por n√≥s, que sempre sonhamos em termos filhos... Eu te dando a noticia da minha primeira gravidez, voc√™ me abra√ßando surpreso, ligando pras pessoas pra contar, n√≥s dois decidindo as cores do quarto, indo comprar roupinhas, nem precisamos pensar no nome, porque isso ja escolhemos n√©? Voc√™ sendo um pai super bab√£o, correndo por ai junto com ele (a), fazendo comidinhas malucas, que eu irei me recusar em deixa-lo (a) comer, voc√™ chegando em casa com um cachorrinho e a nossa discord√Ęncia na hora de escolher o nome, eu indo preparar um lanche e observando voc√™s brincando na sala e pensando o quanto eu tenho sorte por ter voc√™s na minha vida. Meus bens mais preciosos. Enfim... Que tenha clich√™, ci√ļmes, mal√≠cia, sacanagem, ego√≠smo, afeto, loucuras, gargalhadas, idiotices, falhas, erros, acertos, perd√Ķes, beijos, abra√ßos, pega√ß√£o, sexo, amor, transa, filme juntinho, dormir de conchinha,  m√£os dadas, que tenha todas as coisas do mundo, mas que seja apenas entre eu e voc√™.

Fidelidade? Onde?


Voc√™s j√° pararam para perceber que quanto mais o tempo passa, mais a tal da "fidelidade" vem se tornando algo rar√≠ssimo nesse mundo? E eu n√£o consigo e nem pretendo me acostumar com essa id√©ia de viver nesse mundo onde h√° tantas pessoas est√ļpidas, mentirosas e com imensa falta de car√°ter, a ponto de n√£o conseguir nem ser fiel ao pr√≥ximo, ao ponto de n√£o conseguir ser fiel a pessoa em que se diz "amar" tanto.
Sou do tipo de pessoa que carrega no cora√ß√£o a id√©ia de que se h√° algo que voc√™ n√£o queira que fa√ßam com voc√™, voc√™ n√£o poderia fazer com algu√©m, ou pelo menos, n√£o deveria. Porque, c√° entre n√≥s, trai√ß√£o √© uma escolha, simplesmente n√£o existe essa de "foi sem querer", porque voc√™ de fato, s√≥ beija algu√©m se voc√™ quiser, e voc√™ n√£o tirar a roupa ou deixa algu√©m tirar "sem querer". Se voc√™ traiu, foi porque essa foi a sua escolha, escolheu ser est√ļpido(a) como os outros, como qualquer um.
Conforme o tempo passa, aprendemos com os outros e com n√≥s mesmo. E eu me questiono muito do por qu√™ as pessoas procuram ser infi√©is ao seu parceiro(a) sabendo de todas as desgra√ßas que tal ato tr√°s para a vida. Por que uma pessoa n√£o pode simplesmente, acima de tudo, ser fiel e sincero com quem se ama? 
√Č t√£o ir√īnico ver pessoas infi√©is pedindo fidelidade. Pendido o que elas mesmo n√£o conseguem fazer por quem se ama. Amor √© mais que palavras, amor est√° nas atitudes, amor est√° quando voc√™ abre m√£o de muitas coisas apenas pela tal pessoa. 

Espero que esse tipo de pessoa que ousa trair, lembre-se quando estiver prestes a desabar, prestes a perder todas as for√ßas, que n√£o vai ser uma orgia ou aquela puta de uma noite que vai segurar na sua m√£o e dizer que tudo vai ficar bem, que vai te levantar, que vai te fazer ter for√ßas novamente, que vai querer te ver feliz todo dia, que vai suportar todos os seus humores e ignor√Ęncias nos dias estressantes. Que quando voc√™ broxar, vai entender e n√£o vai gritar aos quatros cantos do mundo contando. Que n√£o importa o que acontece, se voc√™ est√° em uma maca de uma hospital, numa cadeira de rodas, ou simplesmente todo imundo jogado em uma cal√ßado, a pessoa que realmente te ama estar√° l√° do seu lado, te limpando, te ajudando, querendo o teu melhor, sempre. Certas coisas perderam o valor nos dias de hoje, e a cada dia que passa, pessoas fazem as escolhas erradas, e talvez um dia ser√° tarde demais para voltar atr√°s. Ou talvez, eu seja louca e n√£o estou no "mundo certo"!  

De acordo com a Isabela Freitas: "Quem demonstra n√£o ter car√°ter uma vez, dificilmente ir√° ser o bom samaritano numa pr√≥xima. Lembrem-se disso." Voc√™s concordam

#Dica: N√£o fa√ßa revanche dando o troco de tal ato rid√≠culo e baixo. Gente est√ļpida a ponto de cometer uma trai√ß√£o se fode sozinho.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Um bilhete para te fazer sorrir


"Eu n√£o sei o tamanho do problema nem qual a gravidade do que voc√™ est√° passando agora, ou passar√° quando ler este bilhete impresso, talvez copiado e guardado como lembrete em alguns lugares estrat√©gicos, como um amuleto para espantar a tristeza. Sei que voc√™ precisa de um sorriso, e n√£o sei o tamanho desse sorriso. Lembra que eu te disse brincando que se voc√™ n√£o sorrisse eu cortaria os pulsos? Claro que era brincadeira, e claro que eu n√£o gosto disso, mas quando voc√™ sorriu, eu te fiz ter a certeza de que a tristeza, assim como o sorriso, √© de momento. Voc√™ sorriu aquela hora e teve a op√ß√£o de voltar aos prantos ou voltar para o colo carinhoso da felicidade. √Č sempre assim. Sempre ter√° quem te faz sorrir, quem quer te ajudar, mesmo que sejam aqueles que s√≥ perguntam o que est√° acontecendo por curiosidade e depois de um momento est√£o rindo com voc√™, esquecendo de seus problemas, fazendo com que voc√™ os esque√ßa tamb√©m.
Sempre que voc√™ sorrir, por qualquer motivo que seja, voc√™ pode esquecer a sua tristeza, o que te disseram, ou o que voc√™ fez de errado. √Č claro que as vezes isso aperta um tanto para que voc√™ aprenda algo, mas o que torna uma pessoa forte √© a capacidade de aprender, mudar e praticar sorrindo. Ningu√©m gosta de apanhar calado, e quem o faz sente muito, porque todos n√≥s temos um padr√£o de prazer: sorrir.
Quero que voc√™ leve esse bilhete com voc√™. Mesmo que n√£o seja fisicamente, mas que voc√™ possa dissolver cada palavra que eu te disse, e sorrir sempre que lembrar de mim no meio de suas noites tristes." 


#dica: Coloque sua m√ļsica animada preferida no √ļltimo volume, convide suas amigas e amigos e v√° fazer algo, saia do seu quarto, toma um copo d'√°gua e engole o choro. Fa√ßa o que tiver vontade, que te fa√ßa feliz sem se importar com a opini√£o dos outros. N√£o se fa√ßa de v√≠tima em seus pensamentos, afinal, se eles s√£o seus, voc√™ merece no m√≠nimo o papel principal. Se ame em primeiro lugar e se importe mais com a sua felicidade. E vai l√°, mostre esse sorriso lindo para o mundo!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Os opostos se atraem



Voc√™s j√° devem ter ouvido a famosa frase "Os opostos se atraem", certo? O mais engra√ßado √© saber que essa frase √© a mais verdade poss√≠vel e mesmo assim muita gente ainda n√£o acredita. Passamos uma boa parte de nossas vidas atr√°s de algu√©m que tenha os mesmos gostos que a gente em tudo, e quando encontramos essa tal pessoa ainda ousamos em cham√°-la de "perfeita". 
N√ÉO! √Č ai que voc√™ se engana. Na verdade voc√™ n√£o esta atr√°s dessa pessoa que se diz ser perfeita, voc√™ s√≥ precisa de algu√©m que responda seus sentimentos na mesma intensidade, que te fa√ßa bem e que voc√™s suportem um ao outro mesmo que com milhares de diferen√ßas. 
E foi assim que ocorreu comigo... Nunca fui de me encantar r√°pido, de me entregar por inteira e era a t√≠pica "garota certinha", e tamb√©m, nunca pensei que amaria tanto ele. √Č, ele, o tipo certo de "garoto errado". Tudo come√ßou sem querer, coisa boba, liga√ß√Ķes na noite, mensagens, e os dias se passaram e nos aproximamos muito, at√© que me dei conta de que estava completamente apaixonada pelo "garoto errado", em que para mim, se tornou a pessoa mais certa poss√≠vel. Ningu√©m conhece como eu o conhe√ßo, ningu√©m sabe da pessoa incr√≠vel que se esconde, talvez por medo do mundo e das pessoas. Ningu√©m conhece por completo o pr√≠ncipe que amo tanto.

E no amor é assim, vocês podem ser perdidamente apaixonado um pelo outro, mas se não souber lidar com as diferenças e compreender um ao outro, nunca dará certo. E se tem uma coisa que aprendi durante esse tempo, é que nenhum relacionamento é sustentado apenas por amor.

#dica: Amor não é tudo!